ASAE apreende cerca de 2.000 garrafas de azeite “Virgem Extra” com mistura de azeite refinado

ASAE apreende cerca de 2.000 garrafas de azeite “Virgem Extra” com mistura de azeite refinado

 

Lusa/Ao online   Nacional   29 de Set de 2018, 11:42

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) detetou a venda, num operador grossista, de cerca de 2.000 unidades de azeite que apresentavam a categoria “Virgem Extra” na denominação de venda, mas continham mistura de azeite refinado.

A operação da ASAE, hoje divulgada em comunicado, foi conduzida pela Unidade Nacional de Informações e de Investigação Criminal nas localidades de Guimarães, Sintra e Faro.

No total, precisa, foram apreendidas cerca de 2.000 garrafas de azeite, correspondendo a 1.500 litros de produto, num valor aproximado de 5.200 euros.

O produto em causa, estava rotulado como “Virgem Extra”, ou seja, azeite de categoria superior obtido diretamente de azeitonas, unicamente por processos mecânicos, mas na sua composição foi detetada a existência de azeite refinado.

Segundo a ASAE, trata-se assim de uma prática “fraudulenta” e que induzia o consumidor final em erro quanto à qualidade do produto, as suas reais características e o seu valor comercial.

“No âmbito desta operação, a ASAE fez uma intervenção simultânea a nível nacional, nas localidades de Guimarães, Sintra e Faro, no sentido de detetar e retirar do circuito comercial as embalagens deste produto”, refere.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.