Artur Lima quer demissão da secretária da Educação

Artur Lima quer demissão da secretária da Educação

 

Lusa/AOonline   Regional   26 de Mai de 2010, 15:57

O presidente do CDS-PP/Açores, Artur Lima, defendeu hoje o afastamento da secretária regional da Educação, Lina Mendes, considerando que “não é digna” de desempenhar funções no executivo regional por ter “usado a mentira” para atacar um dirigente do partido.

“A desonestidade, a falta de ética e de sentido institucional, a incompetência, a mentira e a vingança são os adjectivos que infelizmente melhor classificam a actuação política da secretária da Educação”, afirmou Artur Lima.

O líder do PP/Açores, que falava numa conferência de imprensa em Angra do Heroísmo, na Terceira, acrescentou que “desde o início do mandato (Lina Mendes) demonstra um desnorteamento na forma como conduz os destinos de uma pasta fundamental" para o futuro da região.

“A uma secretária da Educação exige-se um comportamento exemplar e que seja um exemplo de cidadania para os alunos, pais e toda a comunidade educativa”, frisou, acrescentando que “este não é manifestamente o caso”.

Na origem destas acusações está o afastamento de Félix Rodrigues, docente da Universidade dos Açores e dirigente do PP/Açores, das funções de coordenador científico das provas de Matemática.

Numa nota divulgada na noite de segunda feira a Secretaria Regional da Educação revelou ter demitido Félix Rodrigues das suas funções, alegando “perda de confiança devido a quebra de confidencialidade quanto ao conteúdo” da prova de avaliação.

Félix Rodrigues, por seu lado, reagiu esclarecendo que não foi demitido, mas antes apresentou a sua demissão, que afirmou estar relacionada com “a grande responsabilidade de fazer provas em que não há um controlo eficaz do princípio ao fim”.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.