Aprovado estudo prévio de campos de treino para o Beira-Mar orçados em 2,5 ME

Aprovado estudo prévio de campos de treino para o Beira-Mar orçados em 2,5 ME

 

Lusa/Ao online   Futebol   15 de Ago de 2018, 13:04

A Câmara de Aveiro aprovou o estudo prévio do projeto do Complexo de Campos de Futebol para instalação da Academia de Formação do Beira-Mar, num investimento que ronda os 2,5 milhões de euros, informou esta quarta feira a autarquia.

Segundo a nota, esta obra vai ser executada no âmbito de um concurso de conceção/construção a lançar pelo município em setembro/outubro de 2018.

A construção de dois campos de treino e dois meios campos nos terrenos adjacentes ao Estádio Municipal de Aveiro (EMA) será suportada integralmente pela Câmara.

Segundo o presidente do município de Aveiro, Ribau Esteves, os campos serão entregues ao Beira-Mar em 2019, no âmbito do acordo celebrado com a autarquia para a desativação do velho estádio Mário Duarte, que irá ser demolido por fases.

O Beira-Mar, que joga atualmente no Campeonato Safina da Associação de Futebol de Aveiro, irá usar as instalações do estádio construído para o Euro2004, mediante o pagamento de uma quantia mensal de 1.500 euros.

Na mesma nota, a autarquia dá conta de ter chegado a acordo com a Associação de Futebol de Aveiro (AFA) para instalar a “Cidade Desportiva da AFA” num terreno a nascente do Estádio Municipal de Aveiro, no âmbito de um protocolo a celebrar em setembro/outubro de 2018.

Este investimento a cargo da AFA, que prevê, em três fases, a construção de um campo de futebol e um pavilhão desportivo, conta com o apoio da Federação Portuguesa de Futebol e da Câmara pela disponibilização do referido terreno em regime de direito de superfície.

Esta infraestrutura vai ser utilizada para o trabalho de formação e treinos dos agentes desportivos da AFA, nomeadamente as seleções distritais, árbitros e treinadores.

O protocolo a celebrar entre as duas entidades vai prever ainda "a possibilidade de deslocalização da sede social da AFA para a área da futura cidade desportiva, de modo a centralizar toda a sua atividade, e assim, dinamizar e dar ainda mais vida ao espaço envolvente ao EMA", refere o comunicado.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.