Crime

APAV assinalou 18 mulheres vítimas por dia em 2009

APAV assinalou 18 mulheres vítimas por dia em 2009

 

Lusa / AO online   Nacional   18 de Fev de 2010, 11:30

A Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV) assinalou 6539 mulheres afectadas por crime em 2009, uma média de 18 por dia, a maioria entre os 26 e 45 anos, num total de 7639 vítimas apoiadas pela entidade.
No balanço da sua actividade no ano passado, a APAV aponta um acréscimo de 1,3 por cento dos processos de apoio, que totalizaram 10 132, com o número de pessoas ajudadas a ultrapassar 20 mil. No total, foram registados 17 628 crimes, a maior parte (90 por cento) de violência doméstica.

A APAV refere que, neste tipo de crime, o número de homicídios mais do que duplicou face a 2008 (mais 128,5 por cento), enquanto a violação subiu 5,3 por cento e o abuso sexual aumentou 3,5 por cento.

Na violência doméstica, os maus tratos psíquicos são os mais frequentes, tendo a APAV listado 5583 situações (35,1 por cento), seguindo-se os maus tratos físicos (29,2 por cento) e as ameaças (20,3 por cento).

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.