Saúde

Ana Jorge apela aos portugueses para fazerem "sopa em casa"


 

Lusa / AO online   Nacional   2 de Jul de 2010, 17:59

A ministra da Saúde, Ana Jorge, apelou esta sexta-feira às famílias portuguesas para fazerem “sopa em casa” em vez de gastarem em “fast food”, aproveitando a necessidade de contenção económica e como forma de combater a obesidade.
Questionada pelos jornalistas sobre a reunião sobre obesidade que hoje mantém no Hospital da Prelada, no Porto, a ministra enfatizou que é necessário “encarar a obesidade em todas as suas vertentes”, recusando resumir o tratamento à cirurgia.

“É bom que as pessoas deste país tenham a noção que a obesidade implica um tratamento sério e alteração de comportamentos, desde que se nasce, ou melhor, até durante a gravidez”, realçou.

Para a ministra da Saúde, “é necessário modificar os comportamentos alimentares e de sedentarismo que as pessoas estão a ter” em Portugal.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.