Alunos têm Magalhães, mas não têm internet


 

Lusa / AO online   Nacional   4 de Fev de 2010, 15:49

Cerca de mil crianças de três escolas básicas do Lumiar, em Lisboa, estão há um ano sem poder aceder à internet a partir dos seus computadores Magalhães, queixou-se esta quinta-feira ao presidente da Câmara, o presidente da junta local.
"Há um ano que receberam os Magalhães, mas não têm como os ligar à Internet”, explicou o presidente da Junta do Lumiar, Nuno Roque (PSD), aos jornalistas, após ter abordado o presidente da autarquia, António Costa (PS), sobre o assunto.

Em causa estão as escolas 31, 34 e 91, onde estudam cerca de mil crianças, acrescentou.

“O senhor presidente disse que ia resolver o problema”, afirmou Nuno Roque.

O vereador com o pelouro da Educação, Manuel de Brito (PS), disse à Lusa que a Câmara “tem que assegurar que todas as escolas têm ligação sem fios à internet, quer isso se trate ou não da responsabilidade do Ministério da Educação”.

António Costa e Manuel de Brito visitaram hoje as obras de construção de quatro equipamentos escolares e os trabalhos de beneficiação geral de dois estabelecimentos de ensino.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.