Aliança garante "trabalho estreito" entre eventuais eleitos e Açores e Madeira

Aliança garante "trabalho estreito" entre eventuais eleitos e Açores e Madeira

 

Lusa/AO online   Regional   14 de Mai de 2019, 16:34

O cabeça de lista do Aliança às europeias deste mês garantiu hoje que haverá um "trabalho estreito" entre os eventuais eleitos do partido e as regiões ultraperiféricas portuguesas, os Açores e a Madeira.

"O partido Aliança tem naturalmente candidatos nos Açores e na Madeira (...) e vamos ter um trabalho estreito de relação entre os nossos deputados eleitos e os Açores. Os Açores vão estar representados e de uma forma expressa", vincou Paulo Sande.

O candidato eleitoral falava na Ribeira Grande, na ilha de São Miguel, depois de uma reunião com a Federação Agrícola dos Açores.

No encontro, em que também esteve o líder do Aliança, Pedro Santana Lopes, foram abordadas temáticas como o programa comunitário POSEI (Programa de Opções Específicas para o Afastamento e a Insularidade), e Paulo Sande asseverou ser importante para os Açores "ganhar o que Bruxelas tem para dar".

O hemiciclo europeu, prosseguiu ainda o cabeça de lista do Aliança, deve "dar mais importância às ultraperiferias" e a regiões como os Açores.

"Vamos ter com certeza para a região um ganho" com a eventual eleição de eurodeputados do Aliança, garantiu ainda.

A disputa para o Parlamento Europeu é marcada, nos Açores, pela não indicação de um candidato do PSD regional na lista nacional do partido, após a não integração de Mota Amaral em lugar tido por elegível.

Sobre este tema, Santana Lopes diz que "enquanto outros não querem saber, pelos vistos, dos direitos dos Açores e dos açorianos", o Aliança pretende consolidar uma "bonita história de amor" com a região.

O líder nacional do partido elogiou ainda a estrutura açoriana do Aliança, liderada pelo empresário Paulo Silva.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.