União Europeia

Albânia e Bósnia festejam entrada em vigor da abolição de vistos


 

Lusa/AO online   Internacional   15 de Dez de 2010, 15:34

A Albânia e a Bósnia celebraram esta quarta-feira a entrada em vigor da isenção de vistos para os seus cidadãos viajarem para a União Europeia, depois de décadas de isolamento.
A UE decidiu unanimemente a 8 de Novembro pôr fim à exigência de vistos para a entrada dos cidadãos albaneses e bósnios no território europeu. A medida pode no entanto ser revertida se vier a haver um número anormal de pedidos de asilo ou trabalhadores ilegais.

Em Sarajevo, capital da Bósnia, dezenas de pessoas embarcaram hoje em autocarros rumo a cidades da UE, depois de a principal empresa de transporte rodoviário do país, a Centrotrans, ter anunciado a venda de bilhetes para os principais destinos europeus a metade do preço.

No passado, os cidadãos da ex-Jugoslávia não tinham restrições para viajar para o resto da Europa. A obrigatoriedade de visto foi decidida pela UE depois das guerras que nos anos 1990 levaram à desagregação da federação jugoslava.

A abolição dos vistos era uma longa reivindicação de vários países balcânicos, mas particularmente da Bósnia, onde a maioria dos seus quatro milhões de habitantes têm familiares ou amigos entre os 1,2 milhões que fugiram do país durante a guerra (1992-1995).

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.