Açoriano Oriental
Justiça
Advogado pede pena suspensa para Carlos Silvino
O advogado do principal arguido do processo de pedofilia da Casa Pia pediu hoje pena suspensa para o seu cliente, ao propor a condenação a cinco anos de prisão.
article.title

Foto: Tiago Petinga
Autor: Lusa/AO Online
 Referindo-se a Carlos Silvino como um “homem marcado”, José Maria Martins sustentou que ou o tribunal lhe dá uma pena para que “nunca mais saia da prisão ou tem coragem de fazer justiça e lhe atribui uma pena que lhe permita viver".

    Alegou em defesa do seu cliente a confissão dos abusos e o arrependimento como factores atenuantes especiais.
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.