Administração da PT reunida de emergência para analisar nova proposta da Telefónica

Administração da PT reunida de emergência para analisar nova proposta da Telefónica

 

Lusa/AO Online   Economia   1 de Jun de 2010, 17:44

A administração da Portugal Telecom está reunida de emergência para analisar a nova proposta da Telefónica, no valor de 6,5 mil milhões de euros, para a compra da posição da brasileira Vivo, disse hoje à Lusa fonte ligada ao processo.

A operadora espanhola Telefónica aumentou a proposta de compra da participação que a PT detém na Vivo, de 5,7 para 6,5 mil milhões de euros, a cinco dias de terminar a primeira oferta de compra da posição da empresa de telecomunicações móveis brasileira.

A 11 de maio a Telefónica tinha apresentado a primeira oferta, que foi prontamente rejeitada pela administração liderada por Zeinal Bava, que justificou esta posição com o facto do mercado brasileiro ser "estratégico" para a Portugal Telecom.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.