Açoriano assume cargo de diretor-nacional adjunto da PJ

Açoriano assume cargo de diretor-nacional adjunto da PJ

 

Luís Pedro Silva/DN   Regional   10 de Jan de 2019, 09:27

João Melo, natural de Ponta Delgada, trabalhou durante os últimos anos no Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP), mas iniciou funções como diretor-nacional adjunto da Polícia Judiciária

Durante os últimos 13 anos, João Melo, trabalhou como procurador do Ministério Público no Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP), onde liderou algumas das principais investigações criminais a nível nacional, tomou posse como diretor-nacional adjunto da Polícia Judiciária.

João Melo liderou recentemente a investigação ao furto de armas em Tancos, onde foi detido o diretor da Polícia Judiciária Militar, mas também esteve no processo que permitiu deter um espião do SIS por venda de segredos de Estado à Rússia, liderou a investigação ao grupo de motards Hells Angels e a operação Aquiles, que permitiu deter um coordenador e inspetor chefe da Polícia Judiciária.


Leia mais na edição desta quinta-feira, 10 janeiro 2019, do jornal Açoriano Oriental


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.