Açores distinguem 38 personalidades e instituições no Dia da Região

Açores distinguem 38 personalidades e instituições no Dia da Região

 

Lusa/AO online   Regional   18 de Mai de 2018, 16:43

Os Açores vão distinguir no Dia da Região, na próxima segunda-feira, 38 personalidades e instituições que se distinguiram em várias áreas, numa sessão que este ano decorre no concelho da Madalena, na ilha do Pico, foi esta sexta-feira anunciado.

A lista de condecorações que a região vai atribuir foi aprovada na quarta-feira pela Assembleia Legislativa Regional, mas apenas com os votos favoráveis do PS (que governa o arquipélago) e do PSD.

Numa nota enviada às redações, o executivo açoriano adianta que a sessão solene do Dia da Região Autónoma dos Açores, que se realiza na segunda-feira, ficará assinalada pela imposição de 38 insígnias honoríficas.

Numa organização conjunta da Assembleia Legislativa e do Governo dos Açores, serão distinguidas 23 personalidades, cinco das quais a título póstumo, e 15 instituições da região.

Entre as figuras que serão distinguidas com a Insígnia Autonómica de Reconhecimento estão a professora universitária e escritora Maria Adelaide Correia Monteiro de Freitas, assim como o professor, escritor, encenador e poeta Victor Rui Ramalho Bettencourt Dores.

Com a Insígnia Autonómica de Mérito Profissional serão condecorados o investigador e professor catedrático António Manuel de Frias Martins, assim como a professora catedrática e socióloga Gilberta Margarida de Medeiros Pavão Nunes Rocha, além de Armando Ademar Monteiro Anahory (a título póstumo), antigo presidente do Conselho de Administração do Hospital de Ponta Delgada e provedor do Utente da Saúde.

A Insígnia Autonómica de Mérito Industrial, Comercial e Agrícola será atribuída, entre outros, à Cooperativa Agrícola Lacticínios do Faial, enquanto a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários da Ilha do Corvo será condecorada com a Insígnia Autonómica de Mérito Cívico, atribuída também às Casas dos Açores do estado do Rio Grande do Sul, do Rio de Janeiro, de Santa Catarina e ainda de São Paulo (Brasil).

O Dia da Região Autónoma dos Açores foi instituído pela Assembleia Legislativa em 1980.

A data, feriado regional, celebra a "afirmação da identidade dos açorianos, da sua filosofia de vida e da sua unidade regional", consideradas "base e justificação da autonomia política que lhes foi reconhecida e que orgulhosamente exercitam", salienta o governo açoriano.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.