Comemoração

Açores assinalam República recuperando a casa do primeiro Presidente

Açores assinalam República recuperando a casa do primeiro Presidente

 

Rui Jorge Cabral   Regional   22 de Fev de 2010, 15:02

Os Açores vão assinalar o 1º Centenário da República Portuguesa com um programa orçado em cerca de 40 mil euros que se desenrolará nas nove ilhas entre Agosto deste ano e o último trimestre de 2011.
O programa das comemorações foi apresentado na manhã de segunda-feira em Ponta Delgada, salientando-se a proposta de recuperação da casa do primeiro Presidente da República, o açoriano Manuel de Arriaga, actualmente em ruínas.

Mas do programa constam também várias exposições, destacando-se as sobre a "República e a Modernidade", em Ponta Delgada; a "República e a Imprensa", em Angra do Heroísmo e a "República e a Ciência", na Horta, bem como um vasto conjunto de conferências e colóquios.

A programação de espectáculos musicais da Direcção Regional da Cultura para 2010 e 2011 vai ser orientada para o Centenário da República, sendo ainda de destacar um conjunto de edições especiais alusivas ao Centenário, entre elas a reedição de um poema de Manuel de Arriaga relativo a uma subida à montanha do Pico, que acompanhará uma exposição de fotografia e, simbolicamente, as comemorações arrancam no mês de Agosto com uma escalada ao "ponto mais alto da República".

Conjuntamente com as comemorações nacionais, as Filarmónicas dos Açores serão estimuladas a participar na execução conjunta do Hino da República no dia 5 de Outubro deste ano.

O director regional da Cultura, Jorge Paulus Bruno, afirmou durante a apresentação do programa da comemoração do 1º Centenário da República nos Açores que a principal preocupação na sua elaboração foi adequar o programa a "uma realidade de nove ilhas, procurando-se fazer chegar as conferências a todas elas, mas também diversificando as exposições a partir dos serviços dos Museus e das Bibliotecas Públicas dos Açores, bem como ao nível temático, com conferências, espectáculos e edições especiais, não se centrando as comemorações apenas num ou noutro tema".

 

Leia esta notícia na íntegra no jornal Açoriano Oriental de terça-feira, 23 de Fevereiro de 2010.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.