Ucrânia

Aberto inquérito judicial aos incidentes no Parlamento ucraniano

Aberto inquérito judicial aos incidentes no Parlamento ucraniano

 

Lusa / AO online   Internacional   29 de Abr de 2010, 12:21

O Ministério Público de Kiev abriu um inquérito judicial contra desconhecidos por "violência voluntária", na sequência dos incidentes na votação no Parlamento ucraniano do controverso acordo sobre a manutenção da frota russa na Ucrânia, informou hoje uma porta-voz.
"Confirmo que o Ministério Público de Kiev abriu um inquérito penal por violência voluntária, na sequência dos incidentes provocados por um grupo de deputados na Rada", o parlamento ucraniano, disse a porta-voz do Ministério Público, Myroslava Muchka.

Os deputados beneficiam de imunidade parlamentar e só podem ser processados se o Parlamento aprovar o levantamento dessa protecção, uma medida impopular entre os deputados tomada menos de uma dezena de vezes desde a independência do país, em 1991.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.