Venezuela

65 pessoas assassinadas em Caracas em apenas 48 horas


 

Lusa/AO Online   Internacional   7 de Dez de 2009, 16:44

 Pelo menos 65 pessoas foram assassinadas em apenas 48 horas em Caracas, onde foi celebrado na sexta-feira o dia da não violência.

Às queixas dos cidadãos pela alta criminalidade na Venezuela unem-se as denúncias de jornalistas que reclamam medidas das autoridades e alertam que “em cada semana o número de assassínios é superior à anterior”.

A insegurança é também motivo de queixa de cidadãos radicados fora da capital.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.