26 incêndios ativos em Portugal, situação mais complicada em Seia


 

Lusa/AO Online   Nacional   14 de Ago de 2010, 08:30

A Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) contabilizava, cerca das 09:00 de hoje, 26 incêndios ativos, com a situação mais complicada em Aldeia da Serra, concelho de Seia, onde 306 bombeiros combatem o fogo que lavra desde quarta feira.

Segundo a informação disponível no site da ANPC, o incêndio na Aldeia da Serra, distrito da Guarda, tem uma frente ativa que está ainda a ser combatida por 88 veículos operacionais e um helicóptero bombardeiro pesado.

Igualmente preocupante é a situação do incêndio ativo em Mezio/Travanca, no concelho de Arcos de Valdevez, distrito de Viana do Castelo, que apresenta duas frentes e é combatido por 171 bombeiros, apoiados por 39 viaturas e um helicóptero bombardeiro pesado.

O incêndio com duas frentes ativas que lavra desde sexta feira em Agualva, concelho de São Pedro do Sul (Viseu), está a ser combatido por 103 homens, apoiados por 26 veículos e dois aviões bombardeiros pesados.

Desde as 00:00 de hoje, a ANPC registou a ocorrência de 136 fogos. Na sexta feira foram contabilizados 374 fogos florestais.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.