Reorganização do território

Novo mapa das freguesias visa prestar "melhor serviço"

Nacional /

811 visualizações   

O secretário de Estado da Administração Local afirmou hoje, em Coimbra, que o novo mapa das freguesias, inserido no processo de reorganização do território, visa prestar “um melhor serviço às pessoas com os mesmos recursos”.
 
“O que pretendemos é prestar um melhor serviço às pessoas, simplificar nos meios urbanos, associar nos meios mais rurais, aplicando os mesmos recursos que temos para obtermos melhores resultados e melhor serviço às pessoas”, disse José Junqueiro.

O membro do Governo falava aos jornalistas na Fundação CEFA - Fundação para os Estudos e Formação Autárquica, onde presidiu à sessão inaugural do curso de Gestão Pública na Administração Local.

“Está no programa do Governo a elaboração de uma lei para a criação, fusão e extinção de autarquias locais, com incidência predominante neste mandato nas freguesias portuguesas, que são 4.259 mais uma que não está instituída”, adiantou o secretário de Estado.

Para o presidente da Associação Nacional de Freguesias, Armando Vieira, também orador na sessão, "as freguesias territorialmente contíguas, de pequena dimensão, podem ser agregadas, mas sem perda de identidade de cada uma delas”.

Ao discursar na sessão, José Junqueiro disse que a temática da reorganização do território vai ser debatida num ciclo, que começa a 16 de Abril na Universidade do Minho, envolvendo autarquias e universidades e aberto ao público em geral e aos autarcas em particular.
Diário de Notícias Dinheiro Vivo Jornal de Notícias Notícias Magazine O Jogo TSF Volta ao Mundo Açoriano Oriental DN Madeira Jornal do Fundão