Zona balnear na ilha de São Miguel vedada ao público devido a derrocada

Zona balnear na ilha de São Miguel vedada ao público devido a derrocada

 

Lusa/AO Online   Regional   27 de Mar de 2017, 08:13

A zona balnear da Ferraria, na ilha de São Miguel, está vedada ao público devido a uma derrocada para evitar a ocorrência de acidentes, informou hoje o Governo Regional dos Açores.

"Considerando que alguns blocos rochosos, de dimensões consideráveis, se mantêm apenas presos pela vegetação da falésia, apresentando grande instabilidade, procedeu-se à vedação temporária do acesso ao local com o objetivo de evitar a ocorrência de acidentes", lê-se na nota do Gabinete de Apoio à Comunicação Social (GACS).

Segundo o mesmo comunicado, o "escorregamento de pedras e escórias vulcânicas" deu-se na passada sexta-feira sendo que a falésia está a ser monitorizada atualmente pela Direção Regional dos Assuntos do Mar e o Parque Natural da ilha de São Miguel, em articulação com a capitania de Ponta Delgada".

Os Bombeiros Voluntários de Ponta Delgada, que já estiveram no local para avaliar a situação, estão a preparar uma "operação de desprendimento controlado dos blocos rochosos", a decorrer "em tempo oportuno".

O acesso público à zona balnear da Ferraria, na ilha de São Miguel será reaberto pelas entidades responsáveis assim que "a situação estiver regularizada".

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.