Zona balnear da Ferraria, reaberta após derrocada

Zona balnear da Ferraria,  reaberta após derrocada

 

Lusa/AO Online   Regional   29 de Mar de 2017, 07:47

A zona balnear da Ferraria, na ilha de São Miguel, Açores, reabriu hoje ao público, depois de ter estado interditada devido a uma derrocada na falésia na sexta-feira, anunciou hoje o Governo dos Açores.

Uma nota do executivo açoriano adianta que "os Bombeiros Voluntários de Ponta Delgada procederam hoje à operação de desprendimento controlado das pedras que apresentavam alguma instabilidade".

Citado na nota, o diretor regional dos Assuntos do Mar afirmou que "a situação está normalizada" e "estão reunidas as condições para a reabertura da zona balnear ao público".

Filipe Porteiro salientou, no entanto, que as autoridades vão estar "vigilantes para eventuais situações futuras deste tipo", acrescentando que a Capitania do Porto de Ponta Delgada já removeu as fitas de interdição do local e que o Parque Natural de Ilha de São Miguel vai retirar as placas que assinalam a zona de perigo.

Na sexta-feira ocorreu um deslizamento de pedras e escórias vulcânicas na falésia adjacente à zona balnear da Ferraria, um local muito procurado pelos turistas e locais, mesmo na época baixa.

Segundo o Governo dos Açores, "alguns blocos rochosos, de dimensões consideráveis, ficaram presos pela vegetação da falésia, apresentando grande instabilidade", pelo que a Direção Regional dos Assuntos do Mar "procedeu, durante o fim de semana, à vedação temporária do acesso ao local" para "evitar a ocorrência de acidentes".

 


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.