Xutos & Pontapés choram a morte de Zé Pedro

Xutos & Pontapés choram a morte de Zé Pedro

 

Miguel Bettencourt Mota   Nacional   30 de Nov de 2017, 16:30

O icónico guitarrista dos Xutos & Pontapés faleceu hoje, em sua casa, aos 61 anos, depois de uma longa batalha contra a hepatite C.



José Pedro Amaro dos Santos Reis nasceu em Lisboa, a 14 de setembro de 1956, e a sua jornada com a banda Xutos & Pontapés começou em 1978, durando até hoje.

A última vez que o símbolo do rock português subiu a palco foi a 4 de novembro, no Coliseu dos Recreios, local onde a banda terminou a última digressão. Depois do concerto, deixou a seguinte mensagem no Facebook: "Entrar em qualquer sala com lotação esgotada é maravilhoso. Os Coliseus tem uma magia muito própria e o concerto de ontem foi muito especial. Como sabem tenho andado na luta da vida com alguns problemas de saúde... Tentei e tento dar sempre o melhor de mim".

"O vosso carinho, o vosso amor, a vossa energia, toda a força que me transmitem é-me tão forte e vital que só posso humildemente agradecer.... Obrigado também a todos os que ontem gritaram o meu nome e fizeram com que tivesse força para continuar naquele palco até ao fim", acrescentou, revelando que vai começar a fazer um novo tratamento. "Começo um novo tratamento e garanto que é para ganhar. Eu sei lutar e acredito", enfatizou ainda.

Zé Pedro fez parte dos 14 álbuns de originais dos Xutos & Pontapés e, tal como todos os membros da banda, foi agraciado com o grau de Comendador da Ordem de Mérito , pelo então presidente da República, Jorge Sampaio.  



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.