Xerife norte-americano morto a tiro quando abastecia carro em Houston


 

Lusa/AO online   Internacional   29 de Ago de 2015, 15:54

Um xerife norte-americano foi morto a tiro na sexta-feira à noite quando abastecia o seu carro numa bomba de gasolina perto de Houston, no estado norte-americano do Texas, divulgaram hoje as autoridades locais.

 

As autoridades continuam à procura do presumível autor dos disparos.

Darren Goforth, xerife assistente do condado de Harris, tinha terminado de colocar gasolina no seu carro quando um homem aproximou-se por detrás e disparou várias vezes, sem um motivo aparente.

Quando Goforth estava já deitado no chão, o suspeito voltou a disparar várias vezes e o agente acabou por morrer no local, de acordo com Ron Hickman, xerife do condado de Harris.

Darren Goforth, de 47 anos, "foi literalmente abatido a tiro naquilo que parece ser um assassínio não provocado do tipo execução", explicou Ron Hickman aos 'media' locais, salientando que em 45 anos de serviço nunca tinha visto uma atitude com "tanto sangue frio".

Uma câmara de vigilância da bomba de gasolina captou uma imagem do presumível autor dos tiros: um homem aparentemente afro-americano que viajava num carro em tons de vermelho escuro. O suspeito continua em fuga.

Cerca de 30 minutos antes de ser alvejado, Darren Goforth tinha sido chamado para socorrer um acidente, mas as autoridades afirmam desconhecer se poderá existir alguma relação com o ataque.

Desde o início do ano, mais de 20 elementos das forças de segurança foram mortos a tiro nos Estados Unidos.

O recente caso dos dois jornalistas de um canal norte-americano que foram mortos a tiro, em direto, quando faziam uma reportagem veio relançar o debate sobre as armas de fogo, que matam mais de 30.000 pessoas por ano nos Estados Unidos.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.