Política

Votação inicia novo ciclo político nos Açores

Votação inicia novo ciclo político nos Açores

 

Lusa/AO online   Regional   14 de Out de 2012, 14:37

Os 190.953 eleitores açorianos são hoje convidados a votar nas eleições regionais, num escrutínio que vai abrir um novo ciclo político na região autónoma.

Concorrem às eleições 12 forças políticas: PS, PSD, CDS, BE, CDU, PPM, PDA, MRPP, MPT, PAN, PTP e Plataforma de Cidadania. O PSD concorre em oito das nove ilhas, dando apoio no Corvo ao PPM, que, por sua vez, apoia a Plataforma de Cidadania nas restantes ilhas. Os 57 deputados serão eleitos em 10 círculos eleitorais - um por cada ilha e um, da compensação, que junta os votos que não foram aproveitados para a eleição de parlamentares, numa votação distribuída por 263 mesas eleitorais. A distribuição dos deputados é feita consoante a população de cada ilha, mas também garantindo um mínimo de representatividade em cada círculo. Por isso, apesar de a sua população corresponder a 55% dos 246 mil habitantes no arquipélago, a ilha de São Miguel tem apenas um terço (19) dos deputados no parlamento regional. Por outro lado, a ilha do Corvo, a menor do arquipélago e com o concelho mais pequeno do país, tem dois deputados eleitos, apesar de ter somente 430 habitantes, que representam 0,18% da população açoriano. Os círculos de ilha elegem 52 deputados regionais e os votos que, através do método de Hondt, não são aproveitados para essa eleição entram no círculo regional da compensação, uma solução que favoreceu nas últimas eleições a CDU (1) e o BE (2), que elegeram por aí os seus representantes. Nas eleições de 2008, em que o número de abstenções bateu os recordes, atingindo perto dos 54%, o PS renovou a sua quarta maioria absoluta de eleitos, com 30 deputados, seguindo-se o PSD, com 18 eleitos, e o CDS, com cinco representantes. O atual presidente do Governo Regional, Carlos César, que agora não se recandidata embora mantenha a liderança do PS/Açores, conseguiu quatro vitórias sucessivas, depois de Mota Amaral (PSD) ter presidido ao Governo Regional dos Açores durante cinco mandatos. Apesar de São Miguel ser o maior círculo eleitoral e de ser em Ponta Delgada que tem sede o Governo Regional, a Assembleia Legislativa Regional reúne-se na Horta (Faial), uma semana por mês em cada legislatura. Na segunda cidade do arquipélago, Angra do Heroísmo (Terceira), está a vice-presidência do Governo Regional e o representante do Presidente da República. As urnas na região fecham às 19h00.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.