Media/Governo

Vitorino nega ter pressionado saída de Moura Guedes da TVI


 

Lusa / AO online   Nacional   4 de Mar de 2010, 10:35

António Vitorino desmente as afirmações feitas ontem por Manuela Moura Guedes em Comissão Parlamentar, segundo as quais o dirigente do PS teria pressionado a Prisa para afastar a apresentadora do jornal de sexta-feira da TVI.
Numa declaração feita em Moçambique, onde se encontra, António Vitorino afirma não ter ouvido na íntegra as declarações de Moura Guedes na Comissão Parlamentar que investiga a intenção de compra de parte da TVI pela Portugal Telecom, mas classifica como “uma pura atoarda” o que ouviu.

“Desminto categoricamente que tenha feito qualquer tipo de pressão sobre a Prisa, em meu nome ou em nome de quem fosse”, afirma o advogado.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.