Visita do papa a Fátima atrai mais turistas às Festas do Santo Cristo

Regional /
São Miguel Park Hotel

4900 visualizações   

O delegado nos Açores da Associação de Hotelaria de Portugal (AHP) disse hoje que os hotéis "estão praticamente" lotados para as festas do Santo Cristo em Ponta Delgada que, este ano, beneficiam da visita do papa a Fátima.
 

“No fim de semana, a ocupação está muito próxima do pleno e mesmo durante toda a semana a ocupação é bastante elevada”, afirmou à agência Lusa Fernando Neves, admitindo que a hotelaria está praticamente com “100% de ocupação”.

Para o representante da AHP nos Açores, a “ocupação de hotéis saiu reforçada” com a proximidade das Festas do Senhor Santo Cristo às celebrações do centenário das “aparições” e a peregrinação do papa a Fátima, notando que muitos turistas acabaram por ficar em Portugal para as duas ocasiões.

“Este ano, as taxas de ocupação estão um pouco mais reforçadas em relação a anos anteriores, possivelmente até motivada pela aproximação com Fátima, o facto de a visita do papa ter movimentado muita gente e, naturalmente, também muitos emigrantes que vieram a Fátima aproveitaram para fazer o ‘dois em um’, ou seja, primeiro Fátima e depois os Açores”, declarou Fernando Neves.

Segundo o porta-voz da transportadora aérea açoriana SATA, António Portugal, para as Festas do Senhor Santo Cristo os voos “estão cheios”, quer da Azores Airlines, que assegura as ligações para fora da região, e da SATA Air Açores, que opera entre as nove ilhas do arquipélago.

“Os voos de Boston, de Toronto e o voo de Providence estão cheios. Os três voos diários de Lisboa e os dois voos diários do Porto também estão cheios nesta semana, assim como os voos da SATA Air Açores com destino a Ponta Delgada. A procura é muita, mas também a oferta está perfeitamente ajustada à procura que existe neste momento”, garantiu António Portugal.

O responsável adiantou que, apesar de a ocupação dos voos para Ponta Delgada, na ilha de São Miguel, ser elevada, não “há necessidade até agora de fazer voos extras”.

“Não existem voos extraordinários em relação aos voos da Azores Airlines e da SATA Air Açores. Era habitual nos anos anteriores fazer voos extras, este ano desde abril o plano operacional da SATA prevê um maior número de voos comparativamente ao ano anterior”, referiu.

António Portugal exemplificou que em relação aos voos dos Estados Unidos, provenientes de Boston e Providence, representam oito ligações semanais, enquanto no ano passado eram cinco.

“Em relação à SATA Air Açores também existem mais voos que o ano passado. Havendo barco é natural que não seja necessário efetuar voos extra, mas existe toda a disponibilidade da SATA em fazer voos extra caso a procura seja neste sentido”, afiançou.

A empresa pública Atlânticoline, de transporte marítimo de passageiros e viaturas nos Açores, iniciou hoje a operação sazonal com um navio, tendo já 300 reservas de passageiros e 50 de viaturas para as festas do Santo Cristo.

A 07 de junho esta operação passa a integrar um segundo navio, informou a empresa.