Vinho mais barato que água engarrafada na Nova Zelândia


 

Lusa/AO online   Economia   15 de Out de 2010, 11:35

O vinho já é mais barato que água engarrafada e custa quase o mesmo que o leite na Nova Zelândia, indica um estudo da revista científica “Medical Journal” publicado hoje no país.
Um pacote de leite custa 32 cêntimos de dólar americano, um de água 50 cêntimos e um de vinho corrente 47 cêntimos, enquanto o vinho em garrafa pode ser adquirido por 49 cêntimos de dólar, indica o estudo da Universidade de Otago.

Os investigadores Nick Wilson e Fiona Gunasekara explicam no documento que apesar dos salários médios terem aumentado no país, o custo relativo do álcool tem vindo a descer.

Em 1999, um trabalhador neozelandês teria de trabalhar durante 21 minutos para poder consumir a quantidade máxima de álcool permitida para conduzir (80 miligramas por litro de sangue), mas em 2009 poderia atingir o mesmo objectivo trabalhando apenas 17 minutos.

Além disso, se o cidadão beber vinho em pacotes de cartão, precisa apenas de trabalhar sete minutos.

O álcool é considerado pelos analistas a droga recreativa mais barata da Nova Zelândia e, nesse sentido, os autores do estudo recomendam ao Governo que aumente os impostos sobre o produto e promovam mais restrições à sua publicidade.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.