Vídeo mais visto de 2014 no Youtube é uma partida com uma "aranha mutante" (vídeo)


 

Lusa/AO online   Internacional   9 de Dez de 2014, 17:27

O polaco SA Wardega, conhecido por pregar partidas nas ruas da Polónia, assina o vídeo mais visto em 2014 no portal Youtube, com mais de 113 milhões de visualizações, revelou a empresa Google.

O vídeo mostra o que aparenta ser uma aranha gigante mutante que espalha o terror por onde passa e que afinal é apenas um pequeno cão mascarado. Publicado em setembro, o vídeo teve mais de 113 milhões de visualizações.

"Adoramos celebrar 'hits' virais, as produções épicas e as criações ridiculamente criativas que marcam um ano da cultura pop global no YouTube. E 2014, está repleto desses momentos", sustenta a empresa Google (detentora do Youtube) em comunicado.

Com quase 99 milhões de visualizações, em segundo lugar figura um vídeo publicitário da marca desportiva Nike, que conta com a participação de figuras conhecidas do futebol mundial, como Cristiano Ronaldo, Neymar e Zlatan Ibrahimovic.

O terceiro vídeo mais visto de 2014 no Youtube, com cerca de 94 milhões de visualizações, tem por título "First Kiss" e é assinado por Tatia Pilieva, que convidou vinte pessoas, que não se conheciam, a beijarem-se pela primeira vez.

Entre os dez vídeos mais visualizados no Youtube estão ainda um teste à resistência do telemóvel iPhone 6, a atuação da freira italiana Cristina Scuccia num concurso televisivo de talentos e um vídeo feito por uma mulher, nas ruas de Nova Iorque e que regista os constantes assédios de que foi alvo.

No que toca aos vídeos musicais, 2014 foi o ano das mulheres, que dominaram a tabela dos dez telediscos mais visualizados no Youtube.

A lista é encabeçada por Katy Perry, com "Dark Horse", que somou mais de 715 milhões de visualizações, e integra também Shakira, com dois temas, Taylor Swift ou Nicki Minaj.

 

O segundo lugar pertence a um homem, Enrique Iglesias, com o tema "Bailando", com 587 milhões de visualizações.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.