Liga zon Sagres

“Vice” Braga entra a ganhar, face ao Portimonense

“Vice” Braga entra a ganhar, face ao Portimonense

 

Lusa/Aonline   Futebol   13 de Ago de 2010, 21:41

O Sporting de Braga venceu em casa o Portimonense (3-1), no primeiro jogo da jornada inaugural da Liga de futebol 2010/2011, o que lhe permite ser provisoriamente a primeira equipa líder do campeonato

No jogo que marcou o regresso do Portimonense, 21 anos depois, ao principal escalão do futebol nacional, a vitória dos minhotos acaba por ajustar-se dada a eficácia, mas os algarvios deixaram uma boa imagem e apenas o golo de Leandro Salino, aos 83 minutos, “matou” a partida.
Na primeira parte, o Portimonense criou até mais oportunidades para marcar do que o Braga, mas, por
inoperância ou por boas intervenções do novo titular da baliza bracarense (Felipe), não o conseguiu fazer.
Aos sete minutos, o guarda-redes ex-Corinthians viu um grande remate de Elias passar muito perto da trave da
sua baliza e, um minuto depois, Pelembe teve um bom trabalho já na área bracarense, mas rematou ao lado.
A equipa da casa tentava impor-se, mas de forma algo desgarrada, acabando, ainda assim, por inaugurar o
marcador aos 28 minutos: Matheus, de cabeça, correspondeu da melhor maneira a livre de Alan da direita.
Aos 36 minutos, Pelembe, de livre directo, pôs à prova Felipe e, pouco depois, aos 40, o guardião brasileiro
negou autenticamente o golo do empate aos algarvios, opondo-se com uma palmada a um cabeceamento de Jumisse “à queima”.
Ainda antes do intervalo (45 minutos), porém, o Braga voltou a ser eficaz quase a 100 por cento: Lima
amorteceu de cabeça e Paulo César rematou forte e colocado de fora da área, fazendo o segundo golo da equipa da casa.
Litos colocou o médio ofensivo Peña (emprestado pelo Braga) após o intervalo e a equipa de Portimão
reduziria mesmo a vantagem, aos 54 minutos: livre cobrado por Peña, Jumisse a desviar de cabeça e Elias a confirmar.
A equipa visitante tinha agora a iniciativa de jogo e era mais acutilante ofensivamente o que obrigou
Domingos Paciência a colocar Luís Aguiar no meio-campo (tirando Lima) para voltar a ter o comando das operações.
A opção resultou já que, com o médio uruguaio e muito por acção dele, a equipa passou a ter mais posse de
bola e o Portimonense foi perdendo fulgor.
Aos 83 minutos, Alan assistiu Leandro Salino na direita e o médio, depois de se desenvencilhar de um defesa,
rematou forte e cruzado, fazendo um excelente golo – o quarto brasileiro – e “matando” em definitivo o jogo.
A 1ª jornada da Liga Zon Sagres prossegue este sábado com os jogos entre a Naval e o FC Porto (18h15) e ainda
Paços de Ferreira - Sporting (20h15). Domingo o Benfica recebe a Académica.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.