Viagens para assistir ao pontapé de saída de Portugal custam 2.000€


 

Paula Gouveia   Economia   24 de Jan de 2010, 15:47

Os portugueses que querem assistir ao vivo ao pontapé de saída da selecção portuguesa no Mundial de Futebol da África do Sul, no dia 15 de Junho, vão gastar cerca de 2.000 euros em viagens.

De acordo com a pesquisa da Agência Lusa, a British Airways é a companhia aérea que dispõe da oferta mais económica, seguida da TAP e da Air France, sendo a companhia portuguesa a única a estabelecer ligação directa entre Lisboa e Joanesburgo.

Na British Airways, a viagem mais económica para assistir ao primeiro jogo da selecção nacional contra a Costa do Marfim, com partida a 14 e regresso a 16 de Junho, custa 1.921 euros, com escala no aeroporto de Heathrow, em Londres.

Na companhia aérea portuguesa, o custo da viagem de ida e volta entre Lisboa e Joanesburgo é de 2.008 euros em classe "Plus", uma vez que a TAP já não tem disponíveis bilhetes nas classes mais económicas (Basic e Classic).

Nas mesmas datas, a solução mais barata da Air France, que faz a ligação entre Lisboa e Joanesburgo com escala no aeroporto Charles de Gaulle, em Paris, a viagem para assistir à estreia de Portugal no Mundial da África do Sul custa 2.131 euros.

As companhias aéreas Lufthansa e Iberia também são uma opção para os portugueses que querem apoiar, no estádio Nelson Mandela Bay Stadium, em Port Elizabeth, a selecção portuguesa, mas os preços da viagem sobem para os 2.839 e 3.284 respectivamente, com escalas em Frankfurt e em Madrid.

Entretanto, as agências de viagem vão lançar no mercado pacotes especiais para o Mundial 2010, que integram a viagem e o alojamento, que são uma alternativa para quem pretende viajar até à África do Sul.

De acordo com a Associação Portuguesa de Agências de Viagem e Turismo (APVT), "a África do Sul é um país que não está ao alcance do bolso de todos os portugueses".

Paulo Brehm, assessor da APAVT, disse recentemente que “a maioria dos interessados são as empresas portuguesas que estão interessadas no que chamam viagens de incentivo, que querem oferecer aos melhores clientes ou a alguns trabalhadores"

A agência de viagens Abreu não tem ainda preparado qualquer pacote de viagens para o campeonato mundial de futebol.

“Ainda é muito cedo, não estamos sequer a ver preços ou pacotes. Talvez em Fevereiro”, disse a responsável pelo stand da Abreu na Bolsa de Turismo de Lisboa.

Faltam 138 dias para o pontapé de saída do Mundial da África do Sul, estando marcado para 11 de Junho o jogo de abertura entre as selecções da África do Sul e do México.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.