Vaticano assegura que segredo de Fátima foi divulgado na íntegra em 2000

Vaticano assegura que segredo de Fátima foi divulgado na íntegra em 2000

 

Lusa/AO online   Internacional   21 de Mai de 2016, 14:40

O papa emérito Bento XVI classificou como "puras invenções" os rumores que indicam que a profecia do terceiro segredo de Fátima não foi publicada na íntegra em 2000, informou a Santa Sé.

 

Nos últimos dias vários 'media' publicaram que Ratzinger, na altura à frente da Congregação para a Doutrina da Fé, confessou ao teólogo alemão Ingo Dollinguer que existia uma parte do terceiro segredo que ainda não tinha sido divulgada.

O Vaticano sublinhou hoje que Bento XVI assegurou que as frases atribuídas ao professor Dollinger são "pura invenção, absolutamente não verdadeiras" e também reiterou que a "publicação do terceiro segredo de Fátima foi completa".

A profecia de Fátima está dividida em três partes ou segredos e foi supostamente revelada pela Virgem Maria aos três pastorinhos, Lúcia, Jacinta e Francisco, em 1917, em três aparições, designadamente 13 de maio, 13 de julho e 13 de outubro.

Os segredos falam, entre outros assuntos, sobre as duas guerras mundiais ou a queda do comunismo na Rússia e foram contadas por Lúcia ao Vaticano, que as começou a divulgar a partir de 1941.

O terceiro segredo foi revelado em 2000 e refere-se, segundo o Vaticano, ao atentado sofrido por João Paulo II a 13 de maio - dia da Virgem de Fátima - de 1981, na Praça de São Pedro, pelo terrorista turco Ali Agca.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.