Vasco Cordeiro não aceita que Portugal "troque a sua dignidade" por incentivos económicos

Vasco Cordeiro não aceita que Portugal "troque a sua dignidade" por incentivos económicos

 

Paulo Tavares/TSF   Regional   11 de Abr de 2015, 22:21

Em entrevista à TSF, o presidente do governo regional dos Açores afirma que custar-lhe-ia muito "aceitar que Portugal trocasse a sua dignidade na relação internacional e na relação diplomática, que foi afetada pela forma como os Estados Unidos trataram deste assunto, por uma questão dos incentivos económicos".


Apesar dos contactos que o governo regional manteve nos últimos dias com a diplomacia norte-americana, as relações continuam tensas. Esta quinta-feira, o vice-presidente do governo regional, que detém a pasta das finanças, reuniu-se na ilha do Pico com o embaixador norte-americano em Lisboa. O encontro, ao que garantiu Robert Sherman à TSF, teve como ponto único na agenda o tema dos incentivos à economia açoriana, como contrapartida pela saída dos militares da base das Lajes.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.