Vasco Cordeiro diz ser esta uma notícia negativa

Vasco Cordeiro diz ser esta uma notícia negativa

 

Lusa/AO online   Regional   8 de Jan de 2015, 14:46

O presidente do Governo dos Açores disse hoje que a decisão dos EUA sobre as Lajes é "uma monumental bofetada na cara do Estado português" e anunciou que vai pedir audiências urgentes ao Presidente da República e ao primeiro-ministro.

 

"A imagem que me ocorre é a de uma monumental bofetada na cara do Estado português. Por todo o esforço diplomático que foi colocado neste processo, por todo o empenho que aos mais variados níveis do Estado português foi colocado neste assunto, por tudo aquilo que foi feito, pela contínua disponibilidade manifestada ainda há dois dias pelo senhor ministro dos Negócios Estrangeiros para trabalhar com os Estados Unidos quanto a um bom desfecho sobre este assunto", disse Vasco Cordeiro aos jornalistas, em Ponta Delgada.

O presidente do executivo açoriano disse que ainda hoje vai pedir audiências com caráter de urgência ao Presidente da República, Cavaco Silva, e ao primeiro-ministro, Passos Coelho, "uma vez que a palavra está agora do lado do Estado português”.

Vasco Cordeiro lembrou que "ainda há dois dias" o ministro Rui Machete afirmou que "o desfecho" do processo das Lajes poderia ter "um impacto nas relações bilaterais entre Portugal e os Estados Unidos da América [EUA]".

"Pois muito bem, o desfecho é conhecido e importa agora passar das palavras aos atos", afirmou.

 



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.