Vasco Cordeiro diz que aposta das entidades públicas só resulta com compromisso dos privados

Vasco Cordeiro diz que aposta das entidades públicas só resulta com compromisso dos privados

 

LUSA/AO Online   Regional   11 de Abr de 2015, 14:29

O presidente do Governo dos Açores afirmou hoje que a aposta das entidades públicas só resulta se houver "um compromisso e motivação" das entidades privadas, apontando como exemplo o trabalho desenvolvido pela Fundação Pauleta.

“Esta aposta das entidades públicas só resulta se houver um compromisso das entidades privadas, se houver motivação e empenho dos privados”, afirmou Vasco Cordeiro, acrescentando que tal “tem sido possível e há todas as condições para assim continuar” no arquipélago. O chefe do Executivo açoriano falava na cerimónia de inauguração de um ginásio, sala polivalente, balneários e arrecadação no complexo desportivo e social da Fundação Pauleta, na ilha de S. Miguel, um investimento total superior a 197 mil euros, que contou com a comparticipação regional e europeia. Para Vasco Cordeiro, os resultados da parceria entre entidades públicas e privadas, na área do desporto, por exemplo, “não são de todo irrelevantes”, dado que os Açores contam já com mais de 23 mil atletas federados em quase 40 modalidades e mais de 250 clubes, sendo que a maior parte deles recebe apoios públicos. Segundo disse Vasco Cordeiro, a componente das políticas públicas permite muita coisa, mas não é suficiente. “Isto só funciona, só resulta, só produz resultados se houver desde logo pessoas que como o Pedro Pauleta assumam essa tarefa, assumam esse empenho, assumam esse trabalho e o concretizem”, referiu Vasco Cordeiro, acrescentando que através do antigo internacional de futebol expressa reconhecimento público a “todos aqueles que quotidianamente, de forma incógnita muitas das vezes, dão corpo, consistência e fazem com que o movimento associativo na região também se desenvolva”. Vasco Cordeiro considerou que a obra hoje inaugurada no complexo desportivo da Fundação Pauleta, no concelho de Ponta Delgada, constitui mais um testemunho da capacidade, da sensibilidade e espírito empreendedor a favor da terra natal do Pauleta. Perante convidados, amigos e atletas de palmo e meio, o antigo futebolista agradeceu o empenho de todos para tornar real mais este projeto, salientando tratar-se de “mais um dia importante na escola de futebol e na nossa fundação”. “Este edifício será um marco importante no combate ao sedentarismo e à necessidade imperiosa de promover a atividade física e desportiva junto dos nossos praticantes, pais e amigos, criando desta forma a oportunidade desses poderem realizar exercício físico”, disse Pedro Pauleta, rematando que “agora já não há desculpas para não se realizar exercício físico”.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.