Habitação

Valor médio da avaliação bancária estabiliza em Março


 

Lusa / AO online   Economia   28 de Abr de 2010, 12:24

O valor médio de avaliação bancária da habitação, em Março, fixou-se nos 1.172 euros por metro quadrado, um valor idêntico ao do mês anterior e que corresponde a uma variação homóloga de 3,8 por cento.
Os dados divulgados esta quarta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) indicam que nas áreas metropolitanas de Lisboa e do Porto as variações, face ao mês anterior, foram de 0,2 e de -0,3 por cento, respectivamente

Os concelhos de Lisboa e do Porto mantiveram, em Março de 2010, os valores médios de avaliação bancária de habitação mais elevados: 2.031 euros/metro quadrado e 1.447 euros/metro quadrado, respectivamente

Em termos nacionais, o valor médio de avaliação bancária dos apartamentos foi de 1.250 euros/metro quadrado, o que representa um decréscimo de 0,2 por cento face a Fevereiro e uma variação homóloga de 3,8 por cento.

As variações homólogas foram positivas em todas as regiões, destacando-se a Região Autónoma dos Açores (8,6 por cento), a do Centro (5,8 por cento) e a do Norte (5,4 por cento).

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.