Universidade testa equipamento para investigar áreas inacessíveis dos mares do arquipélago

Universidade testa equipamento para investigar áreas inacessíveis dos mares do arquipélago

 

lusa   Regional   18 de Dez de 2010, 12:06

A Universidade dos Açores (UAç) anunciou hoje a entrada em testes de um novo equipamento de recolha de imagens desenhado por investigadores da academia que permitirá explorar áreas da zona económica exclusiva do arquipélago ainda desconhecidas

A nova ferramenta, desenhada e construída por investigadores do Departamento de Oceanografia e Pescas da UAç em pareceria com uma empresa local, foi concebida para poder recolher imagens em fotografia e vídeo até 1500 metros de profundidade, garantindo condições para a “exploração de grande parte da ZEE açoriana até agora praticamente inacessível”, adiantou a universidade.

Construído no quadro do projeto de Condor, que contempla a instalação no monte submarino com o mesmo nome localizado a 10 milhas da costa da ilha do Faial, o “lander de imagem” projetado pelos investigadores açorianos deverá começar a operar em 2011.

Coordenado pelo Departamento da Oceanografia e Pescas da academia açoriana, o Condor envolve a participação de várias instituições nacionais e estrangeiras ligadas às pesquisas oceânicas, projetando o estudo e a monitorização a longo prazo dos ecossistemas dos montes submarinos nos Açores.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.