União Europeia "decepcionada" com a Índia


 

Lusa/Ao online   Internacional   11 de Dez de 2007, 09:23

A União Europeia está "decepcionada" com a postura de alguns países em desenvolvimento, como a Índia, na conferência de Bali sobre Alterações Climáticas, disse hoje o secretário de Estado do Ambiente, Humberto Rosa.
"Estamos decepcionados com a Índia, que se tem mostrado muito relutante e parada no tempo", afirmou Humberto Rosa, em declarações à imprensa portuguesa.

    A delegação portuguesa na Conferência Quadro das Nações Unidas sobre Alterações Climáticas (UNFCCC) tem responsabilidades acrescidas uma vez que Portugal ocupa actualmente a presidência da União Europeia.

    O secretário de Estado português acrescentou que a União Europeia admite "responsabilidades comuns mas diferenciadas" no combate às emissões de gases com efeitos de estufa.

    O que é "inaceitável", acrescentou Humberto Rosa, "é que não haja qualquer compromisso ou contributo dos países em desenvolvimento".

    Delegados de 180 países discutem em Nusa Dua, Bali, um roteiro para o clima para depois de 2012, fim da vigência do actual Protocolo de Quioto.

    Humberto Rosa salientou que o primeiro sucesso da conferência de Bali é a aprovação das regras que permitem o funcionamento do Fundo de Adaptação.

    Sobre a agenda portuguesa na Conferência de Bali, Humberto Rosa explicou que "as posições nacionais estão vertidas para a União Europeia".

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.