Um festival para "cantar e vibrar com os artistas"

Um festival para "cantar e vibrar com os artistas"

 

Lusa/AO Online   Nacional   17 de Mai de 2016, 08:49

Lisboa está a dois dias de receber o festival Rock in Rio, com um cartaz que será "imbatível em termos de vibrar, de cantar junto com os artistas", antecipou a vice-presidente do festival, Roberta Medina.

 

Pela sétima vez, o Parque da Bela Vista será o palco deste festival de música, numa edição que contará com Bruce Springsteen, Queen + Adam Lambert, Maroon 5 ou Xutos & Pontapés, artistas com grande experiência de palco, com muitos seguidores em Portugal e com um repertório feito de canções facilmente reconhecíveis pelo público.

"A grande marca do cartaz este ano, se olharmos a marca de muitos dos artistas do Palco Mundo, são artistas de grandes 'hits', artistas renomados no mundo, que se quiserem fazer um 'show 'que as pessoas cantem da primeira à última música podem fazê-lo", afirmou Roberta Medina aos jornalistas.

A organização promete 12 horas de música diária, repartidas por cinco palcos, embora grande parte das atenções se centrem no Palco Mundo, que sobressai, pelas dimensões e pelo cartaz, no recinto do Parque da Bela Vista.

"Vai ser uma edição imbatível em termos de cantar, de vibrar, de cantar junto com os artistas, vai ser muito emocionante", resumiu Roberta Medina.

Esta semana, há dois nomes que se destacam: O regresso do músico norte-americano Bruce Springsteen, na quinta-feira, e a apresentação dos britânicos Queen, acompanhados pelo cantor Adam Lambert, na sexta-feira.

Bruce Springsteen está novamente na estrada com a E Street Band, com uma digressão para celebrar os 35 anos do álbum "The River", enquanto os Queen iniciam em Lisboa uma nova 'tour' de verão, de celebração de carreira. São esperados os êxitos do grupo, sem o carismático Freddy Mercury, mas com Adam Lambert, de 34 anos, na voz.

Na quinta-feira, destacam-se ainda as atuações dos portugueses Xutos & Pontapés, que atuaram em todas as edições portuguesas do festival, e dos Stereophonics. No palco Vodafone estarão, por exemplo, os Black Lips e no palco da electrónica Mano Le Tough.

Na sexta-feira, no palco dos Queen estarão ainda Mika e Fergie, no palco Vodafone os Boogarins e na eletrónica Carl Cox.

O Rock in Rio Lisboa é retomado na semana seguinte, nos dias 27, 28 e 29, com algumas estreias a assinalar, entre as quais a do grupo rock Hollywood Vampires - liderado por Alice Cooper, Joe Perry e pelo ator Johnny Depp -, da cantora Ariana Grande e do músico Charlie Puth.

Haverá ainda a estreia dos norte-americanos Real Estate e o regresso dos Maroon 5, dos Korn, da cantora Ivete Sangalo e do produtor e DJ sueco Avicii, a despedir-se dos palcos aos 26 anos.

Além do rock dos Xutos & Pontapés, a presença portuguesa passa pela eletrónica e pela pop, contando, entre outros, com os D.A.M.A., Capitão Fausto, Keep Razors Sharp, Sensible Soccers, Fandango, B. Fachada, Dj Vibe e Glockenwise.

Todo o cartaz poderá ser consultado em www.rockinriolisboa.pt.

Desde que aconteceu pela primeira vez em Portugal em 2004, o Rock in Rio Lisboa contou com mais de 1,7 milhões de espetadores e artistas como Paul McCartney, Rolling Stones, Peter Gabriel, Stevie Wonder, Metallica, Foo Fighters, Sting, Roger Waters e Shakira.

Está garantida uma nova edição do Rock in Rio Lisboa em 2018.

 


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.