Um em cada quatro cafés já é consumido em casa

Um em cada quatro cafés já é consumido em casa

 

Lusa/AO online   Nacional   31 de Out de 2012, 10:40

O mercado nacional de café deverá encerrar 2012 em quebra, após vários anos de alguma estagnação, com o consumo em casa a representar já 27% do total, refere a associação do setor.

A presidente da Associação Industrial e Comercial do Café (AICC), Maria José Barbosa, disse que, depois de duas décadas em que o segmento lar representou 20% e o canal Horeca (hotelaria, restauração e cafetaria) 80% do mercado nacional de café, atualmente o consumo em casa já ascende a 27% do total.

Feitas as contas, cerca de uma em cada quatro 'bicas' em Portugal já é consumida em casa. Este aumento do consumo no lar deve-se, "sobretudo, à introdução de novas formas de tomar café: pastilhas e cápsulas", explicou a mesma responsável.

Em 2011, referiu, o consumo de café em Portugal somou 36.500 toneladas, tendo as exportações atingido 9.600 toneladas.

Apesar de há já algum tempo se registarem taxas negativas de crescimento do setor em vários países, a AICC atribui a estabilização do mercado em Portugal nos últimos anos à “proatividade” e à inovação e desenvolvimento da atividade, com o aparecimento do café em cápsulas e pastilhas, por exemplo, a fazerem disparar o consumo no segmento lar.

No entanto, para este ano, as expectativas são mais desanimadoras. “Este ano penso que vai ser o primeiro em muitos que vamos ter uma taxa de crescimento zero, ou eventualmente negativa”, antecipou à Lusa a responsável, apontando a crise e o aumento do IVA para 23% como principais responsáveis pela eventual redução do consumo.

Em termos nacionais, 90% do mercado é atualmente repartido entre seis empresas - Delta (líder de mercado), grupo Nestlé (com as marcas Nespresso, Buondi, Sical, Cristina e Tofa), Nutricafés (com Chave d’Ouro e Nicola), grupo Newcoffee (com Lavazza, Bogani, Sanzala, Caffécel, Cafeeira), Torrié e Segafredo.

Os restantes 10% do mercado são repartidos pelas cerca de 30 empresas do setor que restam.

Hoje, a Associação Industrial e Comercial do Café promove a conferência “Exportar sabores e aromas do café com marca portuguesa”, no Porto.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.