Um arguido por alegada falsificação de motores na Horta

Um arguido por alegada falsificação de motores na Horta

 

AO/Lusa   Regional   7 de Mai de 2017, 15:11

Um homem, de 35 anos, foi constituído arguido, com "termo de identidade e residência", na Horta, ilha do Faial, no âmbito de uma operação de buscas da Policia Marítima sobre "prática de crimes de falsificação em motores", adiantou hoje a autoridade marítima nacional.

 

Numa nota enviada às redações pelo gabinete de informação e relações públicas da autoridade marítima nacional, a operação de buscas remonta à passada sexta-feira com a execução de "três mandatos judiciais de buscas", devido a "indícios da prática de crimes de falsificação de notação técnica de motores".

A operação de buscas foi levada a cabo pela equipa de investigação criminal do Comando local da Polícia Marítima da Horta e contou com o apoio do Serviço de Investigação Criminal do Comando Regional da Polícia Marítima do Centro e do Grupo de Ações Táticas da Polícia Marítima, num total de 20 operacionais.

Segundo o mesmo comunicado, as buscas, que foram feitas em duas oficinas, um estabelecimento comercial e um armazém, resultaram ainda na "apreensão de quatro motores, uma bacia de motor numerada, três chapas de identificação de embarcações, uma EPIRB (transmissor de localização) e diversa documentação probatória".

 


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.