Último mês foi o junho mais quente da História moderna


 

Lusa/AO online   Internacional   19 de Jul de 2016, 17:26

O último mês foi o junho mais quente na História moderna, marcando o 14º mês consecutivo de recordes de registos de calor, disse a Administração Nacional de Oceanos e Atmosfera (NOAA) dos EUA.

“A temperatura média global sobre superfícies terrestres e oceânicas em junho de 2016 foi a maior dos meses de junho no registo de dados de temperatura do NOAA, que remonta a 1880”, disse a agência num comunicado.

“Isto marca o 14º mês consecutivo em que o registo de temperatura global foi quebrado, a maior sequência num registo de 137 anos”, lê-se também no documento.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.