Greve

UGT e CGTP reúnem-se para discutir greve geral


 

Lusa/AO online   Economia   4 de Out de 2010, 18:37

A UGT e a CGTP vão reunir-se ao início da tarde de quinta-feira para discutir a possibilidade de uma greve geral conjunta, confirmou esta segunda-feira fonte sindical.
O secretário-geral da UGT, João Proença, confirmou que a reunião entre as duas centrais já foi agendada, para abordar a questão da greve geral.

Antes deste encontro de quinta-feira, a comissão executiva da UGT reúne-se na quarta-feira para discutir o mesmo assunto a nível interno.

A CGTP, que já realizou cinco greves gerais, anunciou uma sexta greve geral de trabalhadores para 24 de Novembro, após a divulgação feita pelo Governo das novas medidas de austeridade para o próximo ano.

A única vez que as duas centrais sindicais realizaram uma greve geral conjunta foi em 1988, contra o pacote laboral do Governo de Cavaco Silva.

O executivo anunciou a 29 Setembro um conjunto de medidas de austeridade com o objectivo de consolidar as contas públicas.

Entre essas medidas estão o corte de salários de 5 por cento no total da massa salarial da função pública, o congelamento das pensões em 2011 e o aumento em dois pontos percentuais do IVA, que passará a ser de 23 por cento. As tabelas anexas ao Código do IVA também vão ser revistas.

O Executivo de Sócrates decidiu congelar os investimentos públicos, cortar os benefícios sociais e também os benefícios fiscais das empresas e criar um imposto sobre o sector financeiro.

Estas medidas têm de ser aprovadas na Assembleia da República para entrarem em vigor.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.