Turquia ameaça cancelar acordo sobre migrantes com a Grécia

Turquia ameaça cancelar acordo sobre migrantes com a Grécia

 

Lusa/Açoriano Oriental   Internacional   27 de Jan de 2017, 14:09

A Turquia pode cancelar o acordo de readmissão de migrantes com Atenas, depois de o Supremo Tribunal grego ter recusado extraditar oito suspeitos alegadamente ligados à tentativa de golpe em julho, disse o chefe da diplomacia turca.

"Estamos a analisar o que vamos fazer... Vamos tomar as medidas necessárias, incluindo o cancelamento deste acordo de readmissão", afirmou o ministro dos Negócios Estrangeiros, Mevlut Cavusoglu, numa entrevista à emissora TRT Haber.

Cavusoglu referia-se ao acordo assinado em março, no qual Ancara se comprometeu a receber todos os migrantes ilegais que chegassem à Grécia, no âmbito de um plano para controlar o fluxo migratório destinado à UE.

Entretanto, o Ministério da Justiça turco apresentou um novo pedido de extradição dos oito oficiais turcos, que fugiram do país por helicóptero, na sequência da tentativa de golpe de Estado, em julho, informou a agência estatal turca Anadolu.

Este segundo pedido surgiu depois da recusa do Supremo Tribunal grego, por considerar que os militares não teriam um julgamento justo se fossem devolvidos à Turquia.

O caso dos oito oficiais turcos agravou as difíceis relações entre os dois vizinhos e membros da NATO, em desacordo relativamente à divisão de Chipre e fronteiras no mar Egeu.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.