Turismo rural dos Açores lança guia e aplicação para plataformas digitais

Turismo rural dos Açores lança guia e aplicação para plataformas digitais

 

Lusa/AO online   Regional   1 de Mar de 2016, 11:16

A associação de turismo em espaço rural Casas Açorianas vai lançar um guia e uma aplicação para plataformas digitais para promover este tipo de produto à escala global, disse o seu presidente.

 

“No guia vão constar todos os associados das Casas Açorianas, com toda a informação sobre os mesmos, pretendendo-se que seja distribuído em todas as presenças açorianas, em termos promocionais, pelo mundo (em feiras e outros espaços)”, afirmou Gilberto Vieira.

O empresário explicou que a aplicação para telemóveis e outras plataformas eletrónicas irá permitir, por seu turno, que em qualquer parte do mundo os potenciais interessados possam aceder à informação sobre as Casas Açorianas, que se têm vindo a assumir “cada vez mais como um produto diferenciado e uma marca bastante forte”, valorizando a marca Açores com o que “mais autêntico e genuíno se tem para oferecer”.

Gilberto Vieira adiantou que as Casas Açorianas contam com cerca de 60 associados espalhados por todas das ilhas dos Açores, com exceção do Corvo.

O responsável referiu que os espaços em turismo rural têm vindo a beneficiar também da “notoriedade” do turismo açoriano, acrescentando que, com base nos depoimentos dos associados das Casas Açorianas, 2015 “foi o melhor ano de sempre”, devido à liberalização do novo modelo de transporte aéreo para os Açores.

O dirigente da associação representativa do turismo rural disse que o crescimento verificado na procura foi transversal a todas as ilhas, apesar das companhias aéreas de baixo custo estarem apenas a operar para Ponta Delgada, na ilha de São Miguel.

Gilberto Vieira declarou que a página na Internet das Casas Açorianas já ultrapassou os 120 mil visitantes, destacando que são os europeus, em maior número os alemães, quem procura as unidades de turismo rural nos Açores.

O dirigente defendeu a necessidade de uma aposta no mercado norte-americano, mas não apenas no denominado mercado da saudade (emigração portuguesa), uma vez que os Açores estão “apenas” a quatro horas de avião da costa leste dos Estados Unidos da América.

O presidente das Casas Açorianas explicou que o turismo rural dos Açores recebe clientes de classe média/alta com “elevado poder de compra” e que procuram algo “diferente” e “genuíno” que as ilhas oferecem.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.