'Troika' prevê que dívida pública chegue aos 124% do PIB

'Troika' prevê que dívida pública chegue aos 124% do PIB

 

Lusa/AO online   Economia   11 de Set de 2012, 17:48

A 'troika' estimou hoje que a dívida pública portuguesa atinja um máximo de até 124 por cento do Produto Interno Bruto (PIB), uma revisão em alta quando comparada com conclusões de anteriores exames ao programa de ajustamento económico

O rácio dívida pública-PIB atingirá um máximo inferior a 124 por cento e "permanece sustentável, devendo entrar numa sólida rota descendente depois de 2014", aponta a 'troika' composta pelo Banco Central Europeu (BCE), Fundo Monetário Internacional (FMI) e Comissão Europeia na quinta revisão do programa de assistência financeira a Portugal.

Ao fim da segunda avaliação, a 'troika' previa que a dívida estivesse nos 116 por cento do PIB em 2014, baixando para 89,6 por cento até 2025; ao fim da quarta avaliação, a ‘troika’ já apontava para uma dívida de 118,6 por cento do PIB em 2014, que se reduzirá para 91,7 por cento até 2025.

Em junho, na quarta revisão, o ministro das Finanças havia apontado que a dívida pública portuguesa iria atingir os 118 por cento do PIB em 2013.

"A dívida pública deverá atingir um máximo de 118 por cento do PIB em 2013, e reduzir-se-á continuadamente anos seguintes", disse então Vítor Gaspar.

O governante apresentou hoje em Lisboa as conclusões da quinta revisão do programa de ajuda externa.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.