Triplo atentado faz 41 mortos no Iraque

Triplo atentado  faz 41 mortos no Iraque

 

Lusa/AO online   Internacional   12 de Dez de 2007, 16:47

Pelo menos 41 pessoas morreram e 150 ficaram feridas esta quarta-feira quando três carros armadilhados explodiram quase simultaneamente no centro de Amara, cidade no sul do Iraque, segundo um novo balanço baseado em fontes policiais.
     As explosões em Amara foram separadas de um intervalo de cinco minutos e começaram com uma pequena explosão à entrada de um mercado, afirmou Mohammed Saleh, porta-voz da assembleia provincial, baseado em informações recolhidas pela polícia e pelos serviços secretos.

    Saleh acrescentou que 41 pessoas morreram e 150 ficaram feridas em resultado das três explosões, estando os hospitais locais sobrelotados.

    Contudo, a contagem de vítimas do atentado não está ainda oficialmente terminada.

    As duas outras explosões ocorreram quando uma multidão de curiosos se reuniu para observar as consequências da primeira detonação.

    O ataque ainda não foi reivindicado, apesar das suas características serem semelhantes às dos ataques organizados por ramos armados da Al-Qaida.

    “É claro que a violência no Iraque diminuiu de forma importante, mas ela continua a ser o problema mais importante”, afirmou a porta-voz da Casa Branca, Dana Perino, numa reacção ao triplo atentado.

    O Exército britânico retirou-se de Amara em Agosto 2006 e, desde então, a cidade é palco de intensos conflitos entre várias facções xiitas, enfrentando também pilhagens e destruições de edifícios.

    Um outro atentado ocorrido hoje num bairro cristão de Bagdad, que visava uma patrulha policial, vitimou cinco civis.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.