Tribunal inicia julgamento de sequestro e homicídio de mulher

Tribunal inicia julgamento de sequestro e homicídio de mulher

 

Lusa/AO Online   Regional   2 de Fev de 2010, 07:26

O Tribunal de Ponta Delgada, nos Açores, inicia hoje o julgamento de seis pessoas acusadas de co-autoria dos crimes de sequestro agravado e homicídio qualificado de uma mulher de 30 anos, em Outubro de 2008.


 

A PSP vai adoptar especiais medidas de segurança para este julgamento, tendo uma fonte policial revelado à agência Lusa que haverá um "reforço policial no tribunal".


O caso remonta a 04 de Outubro de 2008, quando, segundo a acusação, o marido da vítima terá matado a mulher com um tiro na cabeça no Parque Florestal do Pinhal da Paz, nos arredores da cidade de Ponta Delgada, na ilha de São Miguel.


A acusação, a que a Lusa teve acesso, alega que o crime terá sido praticado "em conjugação de esforços" com os outros arguidos, segundo "um plano previamente delineado".


A vítima, mãe de três menores e residente em Rabo de Peixe, no concelho da Ribeira Grande, terá sido introduzida à força numa viatura antes de iniciar o dia de trabalho.


Ainda segundo a acusação, o alegado homicida e a vítima estavam casados desde 1996, mas encontravam-se em processo de divórcio, na sequência de "constantes discussões" e "agressões físicas e psíquicas", alegadamente originadas por o marido "ser muito ciumento".


O início do julgamento está marcado para as 09:00 (10:00 em Lisboa), no Tribunal de Ponta Delgada.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.