Media

Tribunal Europeu condena Portugal a pagar indemnização a jornalista


 

Lusa / AO online   Nacional   19 de Jan de 2010, 14:34

O Tribunal Europeu dos Direitos Humanos condenou esta terça-feira Portugal a indemnizar um jornalista português por "entrave injustificado" à liberdade de expressão.
O Estado português foi condenado a pagar 8.703.83 euros relativos a um processo que remonta a 2004, quando o jornalista Antonio José Laranjeira Marques da Silva foi condenado por violação do segredo de justiça.

Num acórdão, o Tribunal Europeu dos Direitos do Homem, condenou o Estado português a pagar 5.703,83 euros por danos materiais e 3.000 euros por despesas e custas;

Para o jornalista Antonio Jose Laranjeira, em declarações à agência Lusa, foi feita justiça apesar de já terem passado dez anos depois dos factos.

"Foi feita justiça e reposto o meu bom nome profissional, além de que é defendida de forma clara e inequívoca a liberdade de expressão e o jornalismo", defendeu.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.