Tribunal espanhol ordena captura de quatro suspeitos

Tribunal espanhol ordena captura de quatro suspeitos

 

Lusa/AO online   Internacional   18 de Ago de 2017, 18:37

Um tribunal espanhol ordenou a captura de quatro suspeitos dos ataques de quinta-feira e hoje em Barcelona e Cambrils, segundo fonte ligada ao processo, citada pela Associated Press.

O jornal espanhol La Vanguardia tinha já noticiado que as forças de segurança procuram pelo menos quatro pessoas, após os ataques 'jihadistas' em Barcelona e Cambrils, na Catalunha, que causaram a morte a 14 pessoas e mais de 100 feridos, segundo a agência noticiosa France Presse (AFP).

Entre os procurados encontra-se Moussa Oukabir, o irmão do marroquino Driss Oukabir detido na quinta-feira em Ripoll, a cerca de 100 quilómetros ao norte de Barcelona.

Outras três pessoas são também procuradas, de acordo com o jornal, uma informação confirmada pela AFP junto de uma fonte policial, que afirmou que a lista de procurados pode aumentar.

O Governo autónomo da Catalunha, por sua vez, recusou-se a confirmar esta informação.

Destas quatro pessoas procuradas, três são de Ripoll, uma pequena cidade de cerca de 10.000 habitantes, onde três pessoas já foram detidas no âmbito da investigação dos ataques.

Hoje pelas 17:00 locais (16:00 em Lisboa) as autoridades faziam buscas em apartamentos em Ripoll, segundo a AFP.

O porta-voz da polícia regional catalã, os Mossos d'Esquadra, Josep Lluis Trapero, disse que a investigação revelou a existência de um "grupo de pessoas" que atuou em conjunto na Catalunha, nomeadamente em Ripoll e Alcanar.

Espanha foi alvo na quinta-feira e hoje de dois ataques terroristas, em Barcelona e em Cambrils, Tarragona, que fizeram 14 mortos e 135 feridos.

Uma portuguesa de 74 anos, residente em Lisboa, está entre as vítimas mortais do ataque em Barcelona, e uma jovem de 20 anos, que a acompanhava, está desaparecida.

O ataque de Barcelona, em que uma furgoneta avançou sobre a multidão nas Ramblas, grande avenida do centro da capital catalã, matando 13 pessoas, foi reivindicado pelo grupo extremista Estado Islâmico.

Horas depois, de madrugada, cinco homens num automóvel atropelaram um grupo de pessoas em Cambrils, uma estância balnear a cerca de 100 quilómetros de Barcelona, fazendo um morto e cinco feridos.

O porta-voz da polícia catalã anunciou que foram feitas quatro detenções, três marroquinos e um espanhol, nenhum deles com antecedentes ligados ao terrorismo.




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.