Tribunal decreta termo de identidade e residência para homem detido em flagrante a assaltar banco


 

Lusa / AO online   Nacional   13 de Mar de 2010, 17:29

O homem detido hoje em flagrante num assalto a um banco em Leiria vai aguardar julgamento em liberdade, sujeito a termo de identidade e residência, revelou fonte do comando nacional da PSP.

Segundo a mesma fonte, o homem ficou obrigado a apresentações diárias nas autoridades na área de residência.

O indivíduo foi detido quando tentava assaltar a agência do Millenium BCP situada na Avenida Heróis de Angola.

O assaltante causou “danos no interior” do banco e foi detido ainda dentro das instalações bancárias pela PSP de Leiria.

De acordo com aquela fonte do comando nacional, o indivíduo, de 40 anos, tem residência em Évora, mas encontrava-se em Leiria a trabalhar nas obras de um hipermercado.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.