Vistos Gold

Tribunal da Relação liberta ex-diretor do SEF de prisão domiciliária


 

Lusa/AO Online   Nacional   18 de Mar de 2015, 11:07

O Tribunal da Relação de Lisboa alterou hoje a medida de coação aplicada ao ex-diretor do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) Manuel Jarmela Palos, deixando de estar em prisão domiciliária com vigilância eletrónica.

Em sede de recurso, o Tribunal da Relação de Lisboa (TRL) substituiu a prisão domiciliária pela apresentação duas vezes por semana ao posto policial da sua residência, adiantou à agência Lusa fonte ligada ao processo.

Jarmela Palos, detido no âmbito de uma operação relacionada com a atribuição de vistos ´gold, estava em prisão domiciliária desde o dia 25 de novembro.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.