Tribunal da Horta inicia julgamento de rede de tráfico de droga com 19 arguidos

Tribunal da Horta inicia julgamento de rede de tráfico de droga com 19 arguidos

 

Lusa/AO online   Regional   13 de Out de 2014, 18:51

O tribunal da Horta começou a julgar um caso de tráfico de drogas que envolve 19 arguidos, acusados também de branqueamento de capitais, posse de arma proibida e furto, e cerca de cem testemunhas.

 

Alguns suspeitos foram detidos há mais de um ano numa operação policial onde participaram 50 agentes da PSP, que efetuaram 30 buscas domiciliárias e apreenderam 17 mil doses de estupefacientes (cocaína, heroína, haxixe e liamba).

Na altura, as autoridades anunciaram terem desmantelado o que denominaram de "rede organizada" de tráfico de droga, que funcionava a partir do concelho da Amadora, distrito de Lisboa, de onde saíam os estupefacientes com destino aos Açores.

Durante a operação, a PSP confiscou ainda quatro balanças de precisão, uma caçadeira, duas carabinas, dois computadores, uma viatura e cerca de 30 mil euros em dinheiro, que se presume resultarem de negócios ilícitos.

Os 19 arguidos, com idades compreendidas entre os 23 e 54 anos (quatro dos quais estão em prisão preventiva), são agora acusados dos crimes de tráfico de estupefacientes, branqueamento de capitais, posse de arma proibida e furto.

A sessão de hoje do julgamento foi dedicada à leitura da acusação.

Seis dos 19 arguidos não estiveram presentes no julgamento, alegando, a maioria, falta de recursos financeiros para irem à ilha do Faial.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.